terça-feira, 28 de agosto de 2012

Armário de criança: como organizar

Estive na casa da Míriam Barreto, do blog Napracinha para dar dicas sobre como organizar o armário das crianças. A Míriam tem uma filha de pouco mais de 1 anos, a Sara.

O quarto da Sara tem um guarda-roupas de bom tamanho, com várias gavetas. Isso facilitou muito a organização. Quando se tem pouco espaço, o ideal é fazer uma seleção antes e separar o que vai para o armário e o que pode ser descartado ou guardado em outro local.


No caso da Sara, no armário havia peças de roupas e sapatinhos que não servem mais e que a Míriam pretende guardar para o futuro ou doar. Separei as que serão doadas e guardei na parte inferior do guarda-roupas, porque logo serão entregues.

Para personalizar o ambiente, colei na parte interna da porta, os cataventos lindos que ela ganhou no aniversário da amiguinha Ciça. Em uma gaveta, ficaram as lembrancinhas de aniversários dos amigos. Na prateleira, um espaço para os santinhos e anjos, as bonequinhas e os sapatinhos, que ficaram expostos assim para facilitar a combinação com os vestidos.

Veja como ficou o armário:



domingo, 19 de agosto de 2012

Dicas simples para organizar a cômoda das crianças

Quando se tem criança pequena, principalmente na fase que começa a andar e a espalhar brinquedos pela casa toda, retirar roupas das gavetas... é difícil manter as coisas no lugar.

Esta semana, estive na casa da Miriam para dar dicas de organização para o quarto da Sara.

A Miriam, como tantas mães, trabalha fora e precisa ter as coisas organizadas para ganhar tempo, principalmente pela manhã, quando tem que deixar tudo pronto para levar a Sara para o berçário e sair para o trabalho.

É importante lembrar que a organização deve ser um hábito saudável, não uma obrigação pesada. E que crianças precisam ter espaço para brincar e soltar a criatividade. Então, não se estresse. Procure organizar as coisas principais, aquelas fundamentais para manter o controle da situação, como ter as roupinhas ordenadas, saber onde está a bolsa de levar para a escolinha, enfim, ter sempre à mão aquilo que é indispensável para um dia a dia tranquilo. Afinal, para as mamães, tempo é algo muito precioso.


domingo, 5 de agosto de 2012

O que organizar para a chegada do bebê


São nove meses de espera e muita dedicação para preparar tudo para a chegada do bebê: decoração do quarto, roupinhas e acessórios, móveis e uma lista de coisas que não podem faltar. Afinal, alguém especial está chegando...

O quarto (ou cantinho do bebê): 




Paredes - refira tintas com solventes naturais, nada de sintéticos, pois podem ser nocivos à sua saúde e do bebê. Neste período de reformas e preparação, evite o contato com tudo o que possa causar alergia em você. Manter um ambiente saudável é fundamental.   

Piso - prefira revestimentos em cerâmica ou plástico (como Paviflex), que são mais fáceis de limpar e não armazenam poeira. Evite tapetes muito peludos, pois são verdadeiros nichos de ácaro. Quando usar tapetes, de preferência para aqueles que são mais fáceis de limpar.

A decoração -  as cores pasteis são as mais utilizadas porque apaziguam e dão um ar de tranquilidade. Proporcionam um ambiente sereno. Você pode acrescentar alguns toques de cores em tons mais fortes para dar vida. Providencie uma boa iluminação, cortinas ou persiana bonitas.

Dentro do quarto, é legal ter um cantinho para a  mamãe, com uma poltrona de balanço, ideal para amamentar e ninar a criança. Você irá passar um bom tempo no quarto, cuidando do bebé, por isso, pense no conforto.

 
Arrumação do quarto

A cama - pode ser um berço, cesto, carrinho ou mesmo uma caminha-berço. Mas atenção à qualidade do material. Pense muito na segurança: uma boa estabilidade, profundidade suficiente, bom encaixe das peças para evitar de se soltar e machucar o bebê.



Os móveis - invista no essencial. Não precisa ter móvel demais, mas o necessário.  Uma caminha ou berço, a cômoda com boas gavetas,  se necessário um pequeno guarda-roupas, uma poltrona para amamentar. No futuro, quando o neném estiver engatinhando, ele não vai resistir a abrir as gavetas e revirar as coisas (pura curiosidade).  Já pense em uma cômoda que tenha gavetas com proteção. Isso evita da criança espremer os dedinhos na hora de fechá-las.  


Roupas de cama - lençóis, fronhas, edredons em material antialérgico, leves e em pouca quantidade. Lembre-se que em pouco tempo a criança deixa de usar o berço e passa para a cama. Evite muitos bichinhos de pelúcia. Prefira os laváveis, de algodão, para evitar alergias. 


O material para o bebê

Cozinha - Tenha o mais prático e básico. Enquanto estiver amamentando, não vai precisar de mamadeiras.  Separe uma vasilha para esterilizar as coisas do bebé. Depois, quando começar a introduzir as comidinhas, separe as  colherzinhas, prato para papinha e demais vasilhas só para o bebê. Lave separado das demais louças da casa para garantir que estejam sempre esterelizadas. 


Banheiro - para um banho seguro e gostoso, escolha uma banheira com suporte. É mais confortável para a mamãe, que não terá que se curvar para lavar o bebê. Além de ser bem mais seguro que apoiar a banheira em cima da casa, na cômoda...

 
A temperatura da àgua também é muito importante. O ideal é entre 36 ou 37 graus. Você pode medir com um termômetro próprio ou fazer um teste na parte inferior do seu antebraço, onde a pele é mais fininha. A água tem que estar morna.