terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Rouparia: como organizar?





 Conseguir manter as roupas de cama, mesa, banho organizadas é sempre bom demais. Economiza tempo na hora da arrumação da casa, quando é preciso ter tudo à mão para facilitar a tarefa. 

Ter em mente o funcionamento da rouparia (onde cada peça deve ser guardada), também ajuda muito na hora de voltar com as roupas passadas para o lugar.  Então, o desafio é manter a ordem mesmo com a correria do dia a dia.

Aqui estão algumas dicas que podem ser úteis para tornar a rotina mais prática:

- De acordo com o volume de roupas, reserve uma prateleira para os jogos de lençóis e toalhas (banho, rosto, lavabo, mesa) 
- Dobre os jogos sempre juntos. No caso dos lençóis, é possível guardar as peças dentro de uma das fronhas. Isso torna as pilhas de lençóis bem organizadas e fáceis de encontrar os jogos coordenados

- Separar por cores também facilita a localização
- Tenha um padrão para as dobras, para que fiquem do mesmo tamanho. As prateleiras ficam esteticamente mais bonitas

- Para usar todo o enxoval, faça um rodízio das peças, colocando as recém-usadas embaixo da pilha. Assim você evita o desgaste de algumas peças mais usadas que outras

- Peças brancas podem ser guardadas em embalagens de TNT azul, para que elas não amarelem com o tempo

 - Toalhas em rolinhos ocupam muito espaço

- Guarde nas prateleiras superiores edredons e cobertores, que são trocados com menor frequência

- Cestos também são práticos e auxiliam na manutenção da rouparia. Permitem maior mobilidade e facilidade para limpeza do armário.


Créditos: O armário da rouparia foi organizado pela personal Heloisa Lelis. As embalagens você encontra na loja virtual Momentos da Casa (www.momentosdacasa.com.br).



sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Hora de organizar o quarto




Manter o quarto das crianças organizado não é nada fácil. Elas estão sempre em movimento e precisam colocar a criatividade em prática. Com isso, acabam espalhando brinquedos, roupas, sapatos e uma infinidade de objetos por toda parte. E, claro, dá uma preguiça danada de juntar tudo,  organizar, já que em pouco tempo tudo vai sair do lugar novamente.

Sempre é possível contornar a situação quando se tem  alguém por perto para ajudar. É muito importante que os pais ajudem, principalmente dando o exemplo da organização e encorajando seus filhos a retornar as coisas para seus devidos lugares. Brigar só vai desanimá-los. Então, comece ajudando-o  a organizar e a mostrar como fica tudo muito mais fácil quando está arrumadinho.  Confesso que não é fácil sensibilizar as crianças para a organização, pois cada uma tem seus interesses e aptidões.  Mas com um pouco de paciência e compreensão das limitações de cada idade, você vai conseguir grande progressos.


Veja aqui algumas dicas:

1)     Faça uma abordagem tranqüila, sem bronca.  Valorize o que for positivo, como algo legal que eles tenham feito no quarto e não tenha como foco a desordem. 
2)     Quando começar a organizar, deixe que eles conduzam o processo, para que a organização seja a cara deles. Depois valorize as iniciativas, as ideias e, dia a dia, o esforço em manter tudo no lugar.
3)     Proporcione condições para que as coisas fiquem organizadas: espaço em gavetas e armários, prateleiras, caixas para brinquedos.
4)     Ajude a descartar o que não está sendo usado, ensinando o valor de doar em bom estado para alguém que precisa mais.
5)     E o mais importante: não cobre em excesso. Mostre as vantagens e permita que eles tenham seus momentos de diversão e desorganização. Aos poucos, organizar as próprias coisas vai virar um hábito.