quinta-feira, 28 de março de 2013

Aprender a organizar em todas as idades




Acho incrível a capacidade das crianças de aprender e de lidar com responsabilidades em todas as idades. Tendo oportunidade e sendo bem orientadas, elas organizam coisas incríveis.
Folheando o livro “O Mundo da Criança”, publicado em 1949 - uma enciclopédia com 15 volumes dedicados à família, encontrei uma citação interessante demais, no  volume 12. Um capítulo que fala sobre quais são as necessidades das crianças. O autor diz que é preciso encorajar os filhos a executarem seus próprios  planos, para que tenham um firme sentimento de realização.  Achei o máximo. E concordo plenamente.É preciso confiar mais na capacidade das crianças. Fazer coisas juntos, delegar as tarefas e monitorar. Incentivar e ajudar nas dificuldades.  


Bom,  neste contexto,  vou contar uma experiência que tive com meus sobrinhos.
Combinei de organizar o aniversário dos meus sobrinhos Fernanda (15) e Gabriel (9).  Uma reunião em casa, para receber os amigos deles, com o tema da saga Crepúsculo.  Bom, pra começar não encontramos quase nada com o tema nas lojas de artigos para festas. Então, fiquei de personalizar a festinha com banner, etiquetas e o que mais  pudesse improvisar. 

Tudo já pensado, tive como imprevisto um período de repouso pós-cirúrgico. Sorte que consegui fazer a parte gráfica.  Mas, como eu não poderia mais organizar todos os detalhes, fazer os orçamentos e as compras resolvi delegar a tarefas para os aniversariantes. E não é que deu certo?


Diante de todas as providências,  a Fernanda e o Gabriel pensaram em adiar os planos. Fazer a festinha depois que eu já estivesse recuperada.  Mas reunimos a família e demos a maior força para eles mesmos tomarem a frente da organização. E lá foram eles fazer os orçamentos.

A Fernanda já sabe ir ao centro da cidade e tem muita desenvoltura.  Foi às lojas ver o que seria legal comprar para a decoração, as guloseimas... Fizeram uma lista com tudo o que encontraram, já com preço e me apresentaram. Revemos a lista, chegamos a um acordo sobre o que valeria à pena e o que daria para comprar dentro do orçamento. Fiquei muito animada com o sucesso deles.

Marcamos um dia para ir às compras. Eles mesmos se encarregaram  de tudo.  Peguei um taxi e fui me encontrar  com eles. Resolvemos tudo em duas lojas.  

Uma festinha simples, mas cheia de detalhes legais,  foi marcada para 18h. Às 14h30, cheguei  à casa deles preocupada com toda a decoração, eu sem poder fazer esforço, a mãe deles super  ocupada com cup cakes, coquetéis e mais um tanto de preparativos e, para minha surpresa, eles já estavam terminando de pendurar os balões  e os enfeites. Tudo antecipado, organizado para não deixar detalhes para última hora.


A Fernanda e o Gabriel programaram até o horário que estariam  prontos para receber os amigos, quem iria tomar banho primeiro, dividiram as tarefas e me surpreenderam  em tudo.

Valeu à pena demais ajudá-los a organizar a festinha  e, sobretudo, delegar as funções.  Eles brilharam!


quarta-feira, 13 de março de 2013

Parceria projeto Vó Dolores



Porque doar faz bem.... É nisso que acreditamos!

este é o principal motivo de divulgar aqui esta iniciativa que eu e duas amigas estamos desenvolvendo: o Vó Dolores é um projeto de apoio a gestantes carentes. 

 Valorizamos a vida em todas as idades. Por isso, queremos ajudar mães a terem uma gravidez tranquila, com melhor qualidade de vida. Por meio de doações e o apoio de amigos e voluntários, recolhemos doações e fazemos uma rede de solidariedade.

Recebemos doação de roupas (crianças e adultos - doamos para as famílias), brinquedos, material de higiene pessoal, tecidos para confecção de enxoval e tudo o mais que for útil para mamães e crianças.  

Quer participar? Venha conosco.

Acesse www.vodolores.blogspot.com.br para mais informações. Estamos também no Facebook www.facebook.com/vo.dolores